domingo, 13 de julho de 2008

Muita Arquitetura, Alguma Arte e Nenhuma Ciência

Hoje tive um domingo ameno e aproveitando a temperatura agradável, fui conhecer a comentada Estação Cabo Branco - Ciência, Cultura e Artes. Bem... como direi? Tudo muito asséptico, isso, esta é a palavra que eu definiria o complexo arquitetônico by Niemayer. Limpeza, brilho, tudo impecável. Uma guarda armada que parecia a Swat, e eu já na entrada fui ficando animada. Afinal, tantos guardas só podem estar guardando algo importante, certo? Bem...como direi? Não acredito que o acervo valesse a quantidade de robocops não... Mas eu não entendo de arte, posso estar enganada. Quanto ao projeto arquitetônico, bem Niemayer é único, é claro, mas foi impossível não me lembrar do Museu de Arte Contemporânea de Niterói. Quando eu subi a rampa, já me senti em casa, o que não deixa de ser positivo. Depois de ver as obras dos artistas e os desenhos e fotos da construção (com o singelo título "A Construção de um Sonho"), procurei a área de ciência. E aí meu caros, reside minha total perplexidade, não existe nada de ciência na estação ciência (perdão, Cabo Branco)! Fiquei me perguntado, se era para ter um local de exposição de obras de artistas paraibanos, não servia o Espaço Cultural ou o Mercado de Artesanato, não? Sim, o nome é Ciência, Cultura e Artes. Bom, eu só vi Arte e a palavra Ciência vem em primeiro lugar, e olha que não está sequer em ordem alfabética. Penso que é importante um espaço como este em João Pessoa, a arquitetura é muito bonita e certamente será um ponto turístico importante na cidade. Mas, por favor, não vamos esquecer a proposta inicial e acabar transformando a Estação Ciência (perdão, Cabo Branco) no museu do Lampião e Maria Bonita. Nada contra, mas até onde eu sei, o objetivo era muito diferente do que está sendo feito.Depois de hiperventilar com este passeio, fui assistir a Wall-E no cinema. Não é que na animação da Pixar encontrei ciência do começo ao fim? Vai entender...

Um comentário:

Cristiano Ferronato disse...

Carissima eu li seu post alias seu blog e acho que vc tem toda razão com sua preocupação com o fato de que aquilo nao vire mais um museu de Lampião. Eu como historiador tenho outra preocupação pois tudo em Joao Pessoa acaba virando museu do Joao Pessoa. O presidente de provincia e nao a cidade. Eu ainda não visitei a obra pela fotos ela é lindissima mas nao pode mesmo ser só um ponto turistico. Eu acredito que o atual prefeito tem noção disso e nao vai deixar isso acontecer. Quanto a questão das ¨Artes¨ eu vi o painel de Flávio Tavarez se nao me engano em NAIF e achei bunitinho. Mas é mais um painel que mostra a historia tradicional, com o povo selvagem e a Santa em Cima trazendo a luz. Nao mostra os confrontos, ou seja nao mostra a historia da colonização da Paraiba que nao teve nada da passividade que se observa na obra. NO mais quanod visitar poderei fazer uma análise mais séria.

Ads Banner

Google Analytics