segunda-feira, 11 de maio de 2009

Tudo o que você queria saber sobre o Twitter...

Tenho acompanhado de perto as publicações sobre as tendências da educação a distância, principalmente entre os autores europeus. Existe um movimento interessante que aproxima cada vez mais o ensino presencial e a modalidade a distância no uso de estratégias para reinventar a escola. A mobilidade é a palavra de ordem, associada com a portabilidade e mix de ferramentas para turbinar a aprendizagem. Eu não costumo ficar impressionada com modismos ou com ferramentas que não tem uma utilidade clara e definida para a educação. O Twitter é uma dessas ferramentas sobre a qual todo mundo está curioso em usar, mas pouca gente sabe realmente para o que serve. Duas abordagens bastante esclarecedoras sobre o Twitter caíram na rede esta semana, alimentando ainda mais a minha certeza de que o uso do Twitter pode ser um caminho possível na EAD. Uma delas foi na seção de tecnologia do jornal O Globo, com o sugestivo título A Real Utilidade do Twitter, onde os números impressionam e a sua contextualização é bem interessante, além de apresentar várias ferramentas para incrementar o seu Twitter. Outra abordagem é o post arrasa quarteirão do Alex Primo intitulado Ferramentas para tirar o máximo do Twitter, onde ele detalha e experimenta as ferramentas que foram construídas a partir do Twitter. A postagem esclarece pontos importantes, a página inicial e as ferramentas básicas do Twitter são uma porcaria e não servem para quase nada, mas as ferramentas criadas para potencializar o uso do Twitter dão outra dimensão ao seu uso. São vários exemplos, TweetDeck, Tweepular,Twitnest, todos com recursos bem interessantes que apontam para um uso bem mais complexo do que ele aparenta ter. O Twitter é definitivo e importante porque mostra o poder da arquitetura de participação e inteligência coletiva, e é exatamente por isso que estou tão interessada em pesquisar mais sobre ele, me parece um excelente exemplo do poder da aprendizagem colaborativa na rede. Pegando a deixa do "what are you doing", estou acompanhando os flashes do curso Mídias Locativas do André Lemos, na UFBA.

3 comentários:

Fernando SC Pimentel disse...

Ana, que bom encontrar este seu post sobre o Twitter. Estou lendo algumas coisas sobre este "fenômeno" e ao mesmo tempo tenho analisado as reais potencialidades de uso educativo desta interface. Inclusive coloquei alguns questionamentos no meu blog.

Um abraço.
Fernando Pimentel

Ana disse...

Fernando,

No blog do Sérgio Amadeu tem até um vídeo de uma professora que trabalha com o Twitter em sala de aula. O link é http://samadeu.blogspot.com/2009/04/twitter-na-educacao.html

Beijos

Espaço dos aprendentes disse...

Olá, Ana

Também sou bastante curiosa sobre a utilização pedagógica do twitter, que para ser sincera ainda não compreendo, pois os sites que pesquiso não diz muita coisa, dessa forma você começa a achar que é mero modismo sem função definida.
Mas depois do seu texto irei investigar bastante.

Obrigada Ana por promover essas discussões.

Mayam

Ads Banner

Google Analytics