sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Último encontro do ano do grupo de pesquisa

Chegamos ao final de 2017 com algumas realizações simples, mas que fazem um bem incrível para a alma. A estruturação do nosso grupo de pesquisa Mídias Digitais e Mediações Interculturais foi uma das realizações e nos mostrou o quanto é bom estar com as pessoas presencialmente e construir canais de interlocução para direcionar o nosso trabalho. Aprendemos que o sucesso na vida acadêmica depende de uma boa estratégia de planejamento, é preciso saber onde chegar e como chegar. Aliar as exigências das agências de fomento com as necessidades dos alunos e a nossa disponibilidade para determinados caminhos, não é tarefa fácil, mas pode ser menos penosa quando estamos juntos. Trabalhar com perspectivas diferentes e teorias que exigem flexibilidade e amplitude do olhar só é possível quando convencemos as pessoas a acreditarem em si mesmas. É preciso ter paixão pelo tema de pesquisa e acreditar que o resultado de sua dissertação/tese poderá fazer alguma diferença para a sua realidade, para o seu entorno, para o mundo... É uma jornada difícil que torna-se bem mais suportável quando não estamos sós. Meu lema de vida geek é "It´s dangerous to go alone!" (The Legend of Zelda) e acho que vou pendurar isso na parede da minha sala no próximo ano, quem sabe assim seja mais fácil de explicar aos outros como transpor os obstáculos com mais facilidade. Tenho muita sorte em dividir as asperezas da vida acadêmica com a querida Thelma Panerai e só temos a agradecer aos nossos alunos, orientandos e agregados que conciliam os seus afazeres profissionais e pessoais para dispor do seu tempo conosco. O próximo ano promete muitas coisas boas e espero participar do sucesso de todos e todas!

#A reunião aconteceu no dia 04/12, mas só agora consegui escrever sobre o que esse momento e essas pessoas significam para mim.

2 comentários:

Rogério Souza disse...

A vida docente é uma caminhada bem dura, mas transformadora. Não só para os alunos como também para nós, professores. Feliz é de quem consegue enxergar, além dos problemas, a felicidade de lecionar. Parabéns pelo artigo.

Profª Rogério → Meu último artigo é sobre missão enem é bom.

Ana disse...

Obrigada, Rogério! Você tem toda razão, é preciso ter clareza dos problemas e das coisas boas de ser professor.

Abraços,

Ana

Ads Banner

Google Analytics