terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Em 2009...

Chegando ao final de 2008, um balanço das atividades é sempre interessante, não como um processo de acúmulo de riquezas, mas sim como uma reflexão crítica do que foi positivo e o que precisa ser melhorado. Vamos ver:


Coisas que me fizeram feliz:
1. Orientar nove monografias de especialização na UEPB, cinco no Senac e três na graduação da UEPB;
2. Participar da comissão científica do Cobesc com o convite da Professora Rossana;
3. Finalizar o livro Didática e o Ensino de Geografia com Sônia;
4. Apresentar trabalhos no Simpósio de Hipertexto e na Anpae com Graça Barros;
5. Ser aprovada no doutorado e cursar quatro disciplinas;
6. Escrever o artigo sobre a Web 2.0, as Máquinas de Ensinar e a Educação a Distância;
7. Participar do evento dos coordenadores de Geografia a distância em Brasília.
8. Conhecer Cristiano, Alásia e Manuel no doutorado e conviver mais de perto com minha orientadora, Sônia;
9. A inauguração da Secretaria de Educação a Distância da UEPB;
10. Meus alunos maravilhosos, verdadeiras jóias na esperança de uma educação de qualidade.
Coisas que me estressaram:
1. Fazer o concurso de substituto mais uma vez;
2. Cursar disciplinas com professores "nothing to say" no doutorado (perda de tempo minha e deles);
3. Dar aula até dez horas da noite e dirigir de Campina para João Pessoa;
4. A certeza de que o ser humano não falha em sua mesquinhez e desonestidade.
Coisas para melhorar em 2009 (ou promessas de campanha):
1. Não aceitar muitas orientações ou orientandos fora do meu foco de pesquisa;
2. Organizar melhor o meu tempo para estudar, trabalhar e descansar;
3. Ir ao médico e ao dentista com mais regularidade e freqüentar a academia;
4. Ler todos os textos do doutorado;
5. Me organizar melhor para publicar trabalhos com meus orientandos;
6. Parar de fazer o trabalho dos outros, à César o que é de César;
7. Trabalhar mais no grupo de pesquisa.
Coisas para fazer em 2009:
1. Ajudar na publicação do livro sobre Ambientes Virtuais da Sônia;
2. Finalizar o livro da disciplina Novas Tecnologias e Educação;
3. Fazer um curso de Francês express para a prova de proficiência;
5. Fazer a qualificação até julho;
6. Defender a tese até o final do ano.

Fica ainda em suspenso fazer uma plástica depois de amamentar Mariazinha (não por necessidade, mas por vaidade), trocar de carro (não por vaidade, mas por necessidade), fazer um concurso para professor efetivo (nem por vaidade nem necessidade, mas por direito). E, finalmente, uma questão de honra para minha verve carioca: definitivamente eu preciso aproveitar melhor a praia, tão perto da minha casa e tão inacessível nesta vida corrida.A foto deste post é da praia que fica à 500 metros da minha casa... Feliz 2009 para todos nós!

7 comentários:

Suzana Gutierrez disse...

Oi Ana

Espero que teu 2009 seja tão movimentado quanto o 2008 e que te traga muita felicidade e realização.

bjsss :))

Ana disse...

Su,

Espero que não, preciso terminar minha tese (rsrsrsrs). Este é o desafio de estudar e trabalhar ao mesmo tempo, ainda mais no doutorado. De qualquer forma, não vejo um desempenho muito superior ao dos colegas que estão dedicados exclusivamente aos estudos. O único risco que eu corro é ter um colapso nervoso... Feliz 2009 para você também!

Beijos,

Alásia disse...

Beatriz fófis,

obrigada por ter me citado como uma entre as três pessoas do doutorado que você gostou de conhecer. Fiquei, como você diz, "toda fofa"! Porque pessoas como você são raras! Também gostei muito de nos aproximarmos neste ano que conclui. Foi muito bom ouvir tuas piadas, tuas palavras honestas, fazermos as nossas presepadas no real e no virtual...
De fato, o ano de 2008 nos aproximou inicialmente pela dificuldade, também pela necessidade, mas principalmente pela vontade de criarmos e mantermos vínculos de verdadeiro companheirismo... Isto, nos diferencia do oportunismo travestido de pseudo-amizade. Não sei se você já assistiu ao filme "Matar ou morrer" (é um nome mórbido, mas o filme é fantástico). Problematiza, em minha leitura, até onde vai a ética e a moral humanas diante de situações-limite ou de situações de dificuldade extrema. Há um diálogo que o ator principal diz assim: "Nunca confie na amizade em que precisa comprar!"
Por isso, estar no saldo positivo de tuas amizades, é muito animador... porque sei, pelo que você mostra, que não foi preciso entre nós o expediente do "comércio".
Um 2009 maravilhoso pra ti, Torquato, tua garotinha e as garotonas!

Ana disse...

Lindinha,

Para você também, uma ano maravilhoso, com muito trabalho, saúde e sucesso. Eu gosto muito da frase de Matrix que diz que para conhecer alguém você precisa lutar com ele. É no momento da adversidade que conhecemos nossos verdadeiros amigos. Não estou sendo clichê, estou apenas lembrando de nossos momentos no banquinho do PPGE. Depois do que passamos, nada pode ser pior...

Beijos,

Sérgio Lima disse...

Oi Ana!

Quando eu crescer quero ser produtivo assim :-) By the way que 2009 traga mais e novas realizações

Ana disse...

Sérgio,

E que quero ter muitas páginas na Internet, que nem as suas (rsrsrs)! Como você arruma tempo para administrar isso tudo? Sucesso em 2009!

Abraços,

Cristiano Ferronato disse...

Carissima agora que estou lendo todos os posts do blog porque estava de viagem e pouco acessei a net. Mas fiquei muito feliz ao ser citado. Muito obrigado e tenha a certeza que penso da mesma forma com relação a vc. Beijos

Ads Banner

Google Analytics