sábado, 25 de abril de 2009

Qualificação em Poucas Palavras

Imagine estar sentado com quatro doutores na sua frente, dissecando o seu texto com a precisão de um legista de C.S.I... Imaginou? Pois é, isso é uma qualificação de doutorado onde são apresentadas várias possibilidades com apenas uma regra: o trabalho é seu, só você pode decidir o que acatar. Qualificação é isso, colocam mais caraminholas na sua cabeça do que você pode digerir, fazendo você sair de lá com a animação de quem bebeu vinte copos de café expresso com oito latas de Red Bull. Você se sente capaz de escrever a melhor tese dos últimos tempos em uma semana! Lá vamos nós...

11 comentários:

Orlando G DaSilva disse...

Ana,
disponibiliza pra gente a versão da qualificação!

Abraço.

Ana disse...

Orlando,

Eu preciso fazer um afastamento estratégico nos próximos dias, mas vou colocar aqui a versão mais enxuta. Ah, sim, pelo visto somos vizinhos e coloquei um link aqui para o seu blog.

Abraços,

Luiz N.Vieira disse...

Pois é...!
Ainda bem que energéticamente você é dotada de uma boa dose de humor... e uma capacidade extraordinária! Siga em frente Aninhaaaaaaaa!
Saudades...
Luiz

Anônimo disse...

Oi Ana querida

Vejo que com toda essa parafernália que você vive, de trabalho, estudos, pesquisas, família etc, você consegue sobreviver e muito bem! Parabéns por mais uma etapa cumprida, apesar de comprida... Você pode se considerar uma vencedora. Está perto dos louros da vitória que desejo, sinceramente, que desfrute com tudo que lhe é de direito.
Boa semana de múltiplas atividades e muita energia...
Bjus
Diva

Ana disse...

Luiz,

Obrigada pelo apoio, fico toda fofa... Vamos ver no que vai dar.

Beijos

Ana disse...

Diva,

Minha "mainha" emprestada, só eu sei os sacrifícios que tenho feitos, os nãos que digo para Mariazinha diariamente quando ela me pede um colinho, para brincar ou deitar. Mas sigo firme por saber que esse é o único caminho possível para mim, neste momento. Obrigada pelo carinho, sempre.

Beijos

Flávio disse...

Quando "aterrissar" por aqui (com boas notícias, é claro), poste pra gente. Boa sorte.
Flavio MEdina

Alásia disse...

Menina,
é isso aí!
Parabéns não só pelo resultado, mas pela força, coragem e humildade!
Você mereceu!
Aproveitando, te agradeço publicamente pela grande ajuda que me deste na minha tese: pela disponibilização de textos/documentos, troca de informações, conversas e apoio moral. Uma prova de que generosidade é possível.
Posso afirmar com segurança que só nós (e mais algumas figuras) sabemos - porque sentimos na pele - o quanto foi difícil esse momento e esse processo, principalmente depois das situações tôscas que passamos no segundo semestre de 2008! Apesar de... o estudo, o interesse e a inteligência prevaleceram!

Nossa família, principalmente nossos filhos, podem até nos "perder" um pouco nesses momentos cruciais em que precisamos dizer "não", porém, é um "não" que nos "qualifica" não só como doutorandas/profissionais, mas como seres humanos. Acho que você hoje tá muito melhor do que antes, não apenas pelo resultado, mas porque tudo isso se expande para os seus... de uma forma sincera e serena, sem espalhafates e brilhantismos acadêmicos, porque, no "final" da história, o que fica são as pessoas e somos nós!

Ana disse...

Flávio,

Já vi o blog, adorei a idéia, muito legal. Já vou colocar o link e os comentários.

Beijos

Ana disse...

Alásia,

Nada é sem sacrifício, mas quando nos ajudamos o peso fica mais leve para se carregar. Desde a nossa experiência de tortura psicológica no banquinho do Centro de Educação, tudo tem sido mais fácil ao partilhar as nossas informações, dúvidas e sofrimento. Imagina passar pelas loucas sem apoio mútuo... Ia ser internação na certa!

Beijos,

Anônimo disse...

Oi Ana querida

Passei o dia hoje, aqui na SEAD. Sem sua presença, o mel de tua doçura faz falta...
Li teu texto sobre Pró-Licenciatura/UAB. Quero conversar mais sobre esse encontro em Brasília.
E as duas últimas aulas de Letras, quando saem? Para quem é biônica, tudo é possível!
Um beijão
Diva

Ads Banner

Google Analytics