sábado, 17 de maio de 2008

Uma Idéia Ambiental na Cabeça

Eu sempre brinco com meus colegas quando estou saindo de uma sala de aula, dizendo "hoje atingi meus objetivos educacionais" quando uma proposta dá certo. A experiência já me provou com todas as leis de Murphy que não basta planejamento ou boa vontade, é preciso haver uma química entre quem está se propondo a ensinar e os que se dispõem a aprender. Eu quase sempre termino uma aula dizendo, valeu gente, obrigada e até a próxima. Este comentário provoca alguma estranheza nos meus pares, que devem pensar que sou subserviente, afinal meu papel é "dar" aulas. Faz muito tempo que eu não "dou" nada, mas tenho compartilhado bastante, trocando experiências, desejos, idéias, vivências e opiniões. A primeira coisa em quem compartilha ao invés de dar, é que a comunicação acontece de forma multidirecional, já que é impossível um monólogo quando estamos compartilhando alguma coisa. Quando eu termino minha aula, agradeço aos meus alunos por sua paciência em escutar, disposição em participar e consideração em me receber e estar presente. O fato é que muitas vezes eu planejo coisas interessantes, pirotécnicas mesmo, e o resultado é um fracasso. Outras vezes, uma estratégia simples faz o maior sucessão. Minha conclusão é que lidamos com seres humanos, com suas características (ao invés de defeitos e qualidades que emite um juízo de valor) que torna o resultado imprevisível. Uma aula boa ou ruim dependerá de muitos fatores, mas o principal elemento é a vontade de ouvir o outro, ou se colocar no lugar dele. Relativizando, como diria meu velho professor, Roberto da Matta. Na palestra de quarta-feira, eu e Joácio (que dividiu a palestra comigo), planejamos nossa estratégia, eu trouxe pequenos filmes de organizações não governamentais em forma de desenho e ele elaborou uma brincadeira sobre a ciência. Na platéia, 150 pessoas, a maioria muito jovem e todos cansados depois de um dia de trabalho. O resultado foi maravilhoso, muitas pessoas participaram e contribuíram com suas experiências e depoimentos. No final, fizemos até sorteios! Terminei como sempre, agradecendo a presença de todos, a paciência e a disposição em nos escutar e participar. Saí de lá com o coração leve e a alma plena, convicta de que sempre vale a pena tentar...Coloquei um dos vídeos da minha apresentação para vocês se divertirem um pouquinho.


video

5 comentários:

Manuel Fernandes disse...

Simples, mas bem significativo!
Um abraço

Ana disse...

Meu querido Manu,

Seu carinho é sempre um alento... Deixei um post no seu blog.

Beijos

Fernando SC Pimentel disse...

Querida, precisamos contagiar nossos "pares" educadores com o dinamismo, com o envolvimento sadio, na observância que porofissionalismo não significa indiferença.
Parabéns pelo seu trabalho. Sempre.
Um abraço,

Fernando Pimentel

Ana disse...

Fernando,

Quase fui fazer o concurso aí na sua terrinha, a UFAL abriu vaga para EAD. Maceió é linda demais, mas quem pode pensar em trabalhar morando aí?

Beijos

Ana disse...

Fernando,

Quase fui fazer o concurso aí na sua terrinha, a UFAL abriu vaga para EAD. Maceió é linda demais, mas quem pode pensar em trabalhar morando aí?

Beijos

Ads Banner

Google Analytics