terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Puf, puf, puf...

A onomatopéia do título deste post retrata o corre-corre da minha vida na volta das férias. O lado positivo é rever as pessoas que gostamos, conhecer gente nova, colocar as conversas em dia e verificar que sua mesa continua do mesmo jeito que você deixou. Mas o início do semestre sempre tem suas surpresas, afinal, como viveríamos sem elas? Às quatro da tarde recebi um telefonema da minha chefe de departamento aflita, dizendo que precisava me ver. Isso significa duas coisas na linguagem acadêmica: ou o prédio desabou e você vai ter que dar aula embaixo da árvore depois de socorrer os feridos, ou você se ferrou completamente. Para quem não conhece a realidade dos professores substitutos, os diálogos são mais ou menos assim:


- Fulano, temos uma disciplina sem professor de Compiladores e Análise Lexicográfica I. Você pega, certo?
- Mas...
- O horário é na sexta-feira de 22:00 às 23:30h. Tá aqui a ementa e a listagem da turma. Dá para encaixar no seu horário, não é mesmo?
- Bem... É que eu...
- Ótimo! Sabia que podia contar com você!Você sabe né, professor X não voltou do doutorado, professor Y está com depressão e professor Z dá muito problema em sala de aula. Só sobrou você!

Neste momento, o pobre do professor (que é da área de educação e não saca nada de compiladores), já está achando que é a última coca-cola gelada do sertão, pega a lista e a ementa e vai para casa passar o fim de semana tentando descobrir de que diabo se trata a disciplina...Portanto, após receber o telefonema da minha chefe, nem pestanejei, saí correndo para o departamento para tentar desfazer seja lá o que me aguardava.Cheguei no prédio (que continuava em pé) e entrei na sala esbaforida, puf, puf, puf... Ela já estava com o quadro de horário na mão, apontando a raiz do problema: eu estava escalada para seis disciplinas, que ultrapassava (e muito) minha carga-horária. Mas, é muita coisa! exclamei atônita. - Vamos ter que dar um jeito! disse ela. Me ajuda a encaixar os horários... Enquanto eu olhava aquele emaranhado de disciplinas e horários, eu só pensava nas madrugadas que sobraram para terminar a tese. Felizmente, depois de conferir os horários, descobri que colocaram meu nome por engano em duas disciplinas. Alguém estava com menos do que devia e eu com mais do que podia. Desfeito o engano, descobri que terei laboratório em todas as aulas este semestre (se ninguém tomar, é claro), que minhas turmas são pequenas e que os anjos ainda olham por mim...

6 comentários:

Alásia disse...

É garota. Gente legal como você não fica sem uma anjinho...
Tô torcendo pra teus anjinhos te "mandarem" um concurso na tua área e aqui em João Pessoa, porque vc merece!
Tem um fã teu e do teu blog (Tibério) que também tá na torcida! Ele adora ler teus posts e, "de longe" torce muito por ti...
Beijos

Cristiano Ferronato disse...

Carissima que correria hein mas me ficou uma dúvida que raios vem a ser a disciplina de Compiladores e Análise Lexicográfica?

Ana disse...

Pois é, fófis, estou esperando as vagas de EAD... Vamos combinar um encontro aqui em casa para eu conhecer Tibério e rirmos um pouco de nossas aventuras doutorísticas.

Beijos

Ana disse...

Cris,

Existe a disciplina Compiladores, o resto eu inventei, mas meus alunos até hoje não sabem sobre o que se trata essa disciplina.

Beijos,

Manuel Fernandes disse...

Pô, minha... caraca!

Sem querer chamar-te de nada, devo dizer que o burrico lá de casa pega menos carga que a minha nobre amiga.
Isso não se faz... é pura crueldade!

hahahaha
um abração

Manuel Fernandes disse...

Ah! E já agora... aqui na URCA vai ter concurso para efetivo! Não queres vir juntar-te ao monte de paraibanos que já tem por cá? Maiores informações no meu blog.

Ads Banner

Google Analytics